quarta-feira, 16 de maio de 2012

A VIUVEZ DE EZEQUIEL



E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:

Filho do homem, eis que, de um golpe tirarei de ti o desejo dos teus olhos, mas não lamentarás, nem chorarás, nem te correrão as lágrimas.
Geme em silêncio, não faças luto por mortos; ata o teu turbante, e põe nos pés os teus sapatos, e não cubras os teus lábios, e não comas o pão dos homens.
E falei ao povo pela manhã, e à tarde morreu minha mulher; e fiz pela manhã como me foi mandado.
E o povo me disse: Porventura não nos farás saber o que significam para nós estas coisas que estás fazendo?
E eu lhes disse: Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu profanarei o meu santuário, a glória da vossa força, o desejo dos vossos olhos, e o anelo das vossas almas; e vossos filhos e vossas filhas, que deixastes, cairão à espada.
E fareis como eu fiz; não vos cobrireis os lábios, e não comereis o pão dos homens.
E tereis nas cabeças os vossos turbantes, e os vossos sapatos nos pés; não lamentareis, nem chorareis, mas definhar-vos-eis nas vossas maldades, e gemereis uns com os outros.
Assim vos servirá Ezequiel de sinal; conforme tudo quanto ele fez, fareis; quando isso suceder, sabereis que eu sou o Senhor DEUS.
E quanto a ti, filho do homem, não sucederá que no dia que eu lhes tirar a sua força, a alegria da sua glória, o desejo dos seus olhos, e o anelo de suas almas, com seus filhos e suas filhas,
Nesse dia virá ter contigo aquele que escapar, para te dar notícias pessoalmente?
Naquele dia abrir-se-á a tua boca para com aquele que escapar, e falarás, e não mais ficarás mudo; assim virás a ser para eles um sinal, e saberão que eu sou o SENHOR.

EZEQUIEL 24:15-27

Esse é um dos textos que gela a minha alma e a deixa na mais profunda perplexidade.

Esse é um dos textos que a gente gostaria de perguntar a Deus porque Ele age de maneira tão misteriosa e sem dar explicações minuciosas sobre o que faz.

Trata-se da viuvez de Ezequiel.

O profeta Ezequiel foi chamado por Deus a profetizar durante o exílio do povo judeu na Babilônia. A tradição judaica diz que ele fundou uma escola de profetas e que ensinava a Lei à beira do Rio Kebar que corta a cidade de Babilônia.

Ezequiel estava vivendo na mesma conjuntura política e espiritual dos filhos de Israel. Ele sabia que tudo de ruim que havia acontecido ao povo era por causa de seus próprios pecados; haviam abandonado a Jeová.
Em sua profecia no capítulo 11:22-24 ele sabe que Deus irá deixar o Templo entregando cada um ao seu bel prazer dos amantes.

Jerusalém está para cair e Deus ordena que Ezequiel profetize ao povo. Essa profecia seria dramática na existência do profeta. Na verdade, ele iria perder sua esposa como sinal da queda de Jerusálem.

A partir do versículo 15 Deus fala com ele, e o que Deus diz é algo dramático: vou levar sua esposa! Ela irá morrer!.

O texto mostra a mensagem de Deus através de Ezequiel na qual Deus reforça sua mensagem, indica os motivos e faz entender o porquê do castigo ao povo que se mostrava tão rebelde. Aparecem nos capítulos, três ilustrações que explicam sobre a queda de Jerusalém. Na primeira, ilustração ele compara Israel e Judá a duas irmãs adúlteras e mostra que este pecado é grave levará ao castigo e a morte Jerusalém e seus habitantes. Na outra ilustração, os habitantes de Jerusalém são comparados à carne colocada em numa panela enferrujada e estragada, uma panela que não pode ser purificada mesmo se levada ao fogo.


E a ultima ilustração motivo desta pergunta e resposta é usada a morte da mulher de Ezequiel para mostrar a destruição do templo, o orgulho dos habitantes de Jerusalém frente aos outros povos e a delícia dos olhos do povo.

Agora imaginem ter a morte da própria esposa como a mensagem profética para o povo!?

E mais que isso, Deus diz: "Ela irá ser tirada de você subitamente". Não haveria chance de despedida. Outra vez Deus diz: "Não lamentarás, não chorarás e segure as lágrimas dos olhos". Imagine perder a "delícia de seus olhos" e não ter a dignidade de expressar a dor da perda, de lágrimas da saudade e não poder gemer o gemido da falta da companheira!?

Apenas faço perguntas que me veem ao coração mas que não colocam em dúvida o cuidado e o amor de Deus. Perguntar não ofende a Deus. Não ter fé é o que O desagrada.

Subitamente Deus "leva" a sua esposa. Todos esperam que ele chore, gema, grite, se vista de luto; mas ele não faz isso. O povo fica espantado com isso, parecendo que a morte dela não o tinha afetado. E no dia após a morte dela o verso 18 diz que ele fala ao povo. Todos querem saber do motivo da morte e sobre a razão dele está tão "indiferente" ao ocorrido. Ezequiel diz:

" Deuz destruirá o santuário ao qual é o objeto de vosso culto, orgulho e reverência. O Santuário é mais importante na vida de vocês do que a presença do próprio Deus; o santuário e não Deus é a delícia de seus olhos, vocês cultuam o templo, não há relação pessoal com Deus, apenas com o templo."

Deus também diz que eles deveriam fazer como Ezequiel fez: não prantear e nem chorar porque as próprias iniquidades deles os consumiria. Ezequiel e sua esposa seriam o sinal de que seria exatamente dessa forma como Deus estava dizendo.

O texto de Ezequiel nos traz uma mensagem muito forte. A mensagem é que Deus não divide sua glória com ninguém. O povo vivia a ambivalência de serem transgressores dos mandamentos de Deus e do culto apaixonado do santuário e de objetos sagrados. Eram devotados transgressores religiosos. Não havia presença de Deus neles apenas relação com algo que fosse sagrado.

Mas minha angústia nesse texto é que Ezequiel está sem a esposa dele...me solidarizei pela dor da perda e por não poder prantear a morte de sua companheira. De fato, se ele acordou e viu que ela não estava viva isso deve ter sido muito dramático pra ele. Imagine-se na mesma situação de Ezequiel, não lhe dá uma sensação estranha e dolorosa saber que a pessoa que você ama será tirado de você sem que essa pessoa saiba disso?

O que pode confortar é saber que ela seria retirada da terra pelo próprio Deus. Deus mesmo a receberia em Seus braços na eternidade.

Isto pra mim tem um significado importante.

A felicidade de uma pessoa está além daquilo que se possa experimentar na terra. Amamos muitas coisas aqui: cônjuges, filhos, comidas, passeios, conquistas, etc. Mas sabemos que a eternidade com Deus será algo que extrapola todo entendimento e concepções que sobre o que entendemos sobre céu. Somente o amor de Deus por nós é que faz Ele nos dar e também retirar algo de nós. Nem sempre teremos as respostas às questões como essa que Ezequiel teve, Deus se reserva muitas vezes no direito de estar calado, afinal, ele é Deus.

Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós a de ser revelada. Romanos 8:18

Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar. 1 Pedro 5:1

Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. 
1 Coríntios 15:19

Ezequiel demonstra que apesar de Deus retirar algo que amamos podemos continuar a sermos fiéis a Ele e que podemos confiar inteiramente em seu poder.

Interessante, a etimologia do nome Ezequiel significa "Deus fortalecerá". Deus será sempre a força de seus filhos, mas requer que seja adorado por corações que O amem e desejam estar com Ele através da oração e da leitura de Sua palavra.

Fábio Menen















5 comentários:

  1. Palavra tremenda.... q Deus confirmou para mim nessa madrugada Ele lhe deu uma visão tremenda a cerca desta mensagem!
    Q Deus te abençõe mais e mais....
    Karine Pires

    ResponderExcluir
  2. Karine, que a graça e a bondade de Deus sejam multiplicadas em sua vida! A Palavra, o evangelho, que é a voz de Deus, possa sempre adubar nossos corações com esperança, fé e amor. Abraço, paz!

    ResponderExcluir
  3. Fabio, você entende que Deus poderia agir assim nos dias de hoje? Avisar que levará uma pessoa amada em prol de um propósito?

    ResponderExcluir
  4. Com toda humildade que Deus me deu, confesso que tive a mesma visão acerca desta palavra. Fiquei extasiada em ver, que Ezequiel era um homem focado em Deus, não blasfemou, não argumentou, apenas fez o que Deus lhe ordenou. Que exemplo! Que fé! Um homem com o caráter cristão indiscutível! Também lembrei-me de Jó que mesmo perdendo todos os seus bens, ajoelhou-se e ADOROU, somente adorou! Estou maravilhada com a palavra de Deus revelada ao meu coração nesta manhã!!!!!!Que Deus continue a usá-lo em nome de Jesus!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Amém Fábio Menen que Deus continue te dando revelações como essa!

    ResponderExcluir