quinta-feira, 27 de junho de 2013

COMO VOCÊ OLHA?




"São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!" Mateus 6:22,23

Os olhos são a janela que levam luz para o interior de nosso corpo. Jesus está dizendo que nosso corpo, inclinações e desejos estão condicionados a maneira como eu olho todas as coisas. Assim, a maneira como  olho e o que eu olho isso determinará meu modo de ser e agir. Olhos são a entrada de elementos, bons ou maus, que remetem a condições de generosidade e bondade ou de ganância, imoralidade e juízo humano. Por isso, devemos atentar para o que vemos e como vemos.

Primeiro, Jesus diz: "Se os teus olhos forem bons, todo o corpo será luminoso". Isto é, a gente precisa aprender a bondade como forma de se olhar as pessoas. O olhar cheio de graça pode falar muita coisa, e mais que isso, o corpo transmitirá através de gestos e atitudes o que o olhar de graça deseja com profundidade. Essa forma de se olhar a vida e as pessoas só é possível através de um tratar de Deus em nós pois a nossa vida natural, a carne, deseja justamente o contrário. Como eu olho as pessoas? Como as enxergo? O que significam para mim? O olhar bondoso gera luz em meu corpo e alma; onde há luz haverá verdade, libertação e direção.

Segundo, Jesus diz: "...se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas". A antítese da luz são trevas, e Jesus afirma que o estado espiritual de quem está com o olhar embotado de malignidade, olhando gente como objeto, pessoas como se fossem descartáveis, enganáveis, essa mesma pessoa que assim tem esse olhar projetado nas pessoas, coisas e objetos manifesta distorções em seu comportamento. O olhar de um pedófilo o faz manifestar o desejo de possuir uma criança; o olhar de um assaltante o fará cometer latrocínio. Todos condicionados pela luz ou trevas que habitam seu interior. E Jesus diz que tudo está relacionado pela forma com que se olha. 

Terceiro, Jesus diz: " Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão"! O interessante é que Jesus diz "caso a luz que em ti há sejam trevas": Jesus diz que existe a possibilidade de um engano mais sutil. São pessoas que transmitem uma falsa luz, uma pseudo espiritualidade de olhar puro. Uma luz que não tem brilho, apenas um elemento tentando encobertar a escuridão que grassa na alma desse indivíduo. Jesus denuncia que pode existir uma luz que não é luz mas a tentativa de enganar com uma imagem que não é verdadeira. As trevas na alma dessa pessoa é pior daquele que afirma ter olhos da maldade pois não tenta se passar por aquilo que não é: "que grandes trevas serão!". 

O que fazermos diante disso? 

Apenas ore! Fale com o Senhor!

Peça olhos cheios de graça e bondade. As demais coisas o Espírito Santo fará. 

Como diz uma canção: É Meu somente Meu todo trabalho, o teu trabalho é descansar em Mim.

Confie e deixe Deus trabalhar em você.

Fábio Menen




A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;

Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Mateus 6:22-23




A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;

Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Mateus 6:22-23

2 comentários:

  1. Paso visitando su blog. Bendiciones.
    Mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir