quarta-feira, 3 de março de 2010

CÉSAR, SAUDADES!


Faz alguns anos que o querido Cézar partiu para a eternidade. Sua beleza musical ficou registrado nas canções, letras e solos da banda Catedral; sua ausência é sentida em shows e trabalhos. Ninguém é repetível, todos são únicos em sua maneira de ser; ele era mensageiro da paz e do amor nos palcos da vida. Um grande músico.
Tive o prazer de falar com ele algumas palavras. Ele foi atencioso comigo e com as outras pessoas. Até aquele dia o conhecia apenas como músico, percebi que fora dos palcos era também um ser humano incrível.
Recordo com dor no meu peito quando ao chegar em casa a minha esposa disse que tinha algo para me dizer. Então, ela disse que um amigo havia ligado pra ela para me informar da morte do Cézar; não acreditei! Pensei que poderia ser um engano, sempre ouvia a banda e o cara tocar. Fiquei triste por vários dias; até hoje ao lembrar-me sinto saudade desse cara.
César finalizou sua trajetória no Catedral com o trabalho chamado A RESPOSTA DE 1 DESEJO. Nesse CD, César toca muito e ali está registrado sua última participação na banda.
A banda Catedral escreveu uma canção in memorian para o Cézar, se chama:
A TEMPESTADE E O SOL
A vida é frágil e viver
É um lindo momento
Quando se sabe amar
Notar a poesia perdida
No tempo rebuscar
Num eterno acreditar
Será que o sonho acabou?
Será que o que somos se foi?
Sei que a tempestade dará seu lugar a um dia de sol...

Tenho certeza que vou te encontrar
Não sei o dia e a hora
Mas sei o lugar
Sei que você está bem
Mesmo assim
Isso não me impede de chorar

Os nossos momentos
As nossas idéias
Presente em todas as canções
O que nós sentimos
Os nossos desejos seguirão
Em nossos corações
Você foi tão cedo
A vida é um mistério
E ela não diz porque...
Mas tua semente hoje está presente
e vai florescer...

Tenho certeza que vou te encontrar
Não sei o dia e a hora
Mas sei o lugar
Sei que você está bem
Mesmo assim
Isso não me impede de chorar
Fábio Menen

3 comentários:

  1. Olá

    Uma postagem muito interessante, assim como o restante do blog. Parabéns pelo seu trabalho, já estou sendo seu seguidor.

    Se também desejar me visitar, conhecer minhas idéias, trocar links ou seguir meu blog, visite:

    Um pouco além do óbvio.

    Abraço.

    N'Ele, a autoridade máxima em matéria de salvação.

    ResponderExcluir
  2. Olá Isaias! Tudo bem?

    Obrigado pelo comentário em meu blog. Tenho algumas coisas em minha mente que ainda postarei e escrever é algo que me faz bem. Vou olhar seu blog e ler com atenção; já estou seguindo seu blog. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Minha conversão foi por volta de 1998, com quinze anos de idade. Era o auge do Catedral, Novo Som e Oficina G3 entre os jovens...eu sempre fui o chato, o "religioso quadrado" e não gostava do Catedral, principalmente porque nunca me encantei com a Legião Urbana e nem tampouco com o timbre do Kim, que lembrava e lembra muito a voz daquele poeta braziliense... o tempo passou e somente muuuitos anos depois que passei a admirar o trabalho do Catedral, com suas letras marcantes... "Deus abençoe todo esse amor, que seja lindo em teu coração, porque em mim eu sei... amo você" Em letras como essa eu vejo Deus agindo no meio de nós.

    ResponderExcluir